Se você já se perguntou como criar um torrent, você veio ao lugar certo. Este artigo irá explicar como criar um torrent e usá-lo para compartilhar o que quiser com pessoas de todo o mundo! Obviamente, você precisa saber o que é um torrent. Se você não tiver qualquer conhecimento sobre torrents, procure entender o que é um antes de ler este artigo. No Wikihow existem vários artigos sobre o tema que você poderá buscar.

Passos

1 – Investigue o seu cliente torrent. Os clientes mais modernos podem fazer torrents, porém alguns podem não ter esta opção. Para utilizar um cliente gratuito com o qual você possa criar torrents, tente baixar o µTorrent para Windows e para o Mac. Experimente também o software Transmission para o Mac ou, se seu sistema operacional for Linux, baixe o Deluge.

2 – Selecione a opção para criar um novo arquivo de torrent. Esta opção é normalmente localizada no menu Arquivo e é algo como “Criar Novo Torrent” ou outra opção similar. Se não for em Arquivo, tente pesquisar em outros menus ou nas barras de ferramentas. Se você ainda está incerto, consulte o site oficial de seu client para mais detalhes. Às vezes, você pode simplesmente arrastar o arquivo/pasta para dentro do cliente de torrent que já vai funcionar.

3 – Selecione os arquivos que você deseja colocar no torrent. Se você tiver vários arquivos, considere organizá-los primeiro em uma pasta; depois, você poderá simplesmente selecionar a pasta a ser usada no conteúdo do torrent. O nome do torrent normalmente será o nome do arquivo ou pasta com o conteúdo. Você pode facilmente renomeá-lo depois.

4 – Digite um tracker. O tracker (rastreador) controla a transferência de dados para o seu torrent. Um tracker é semelhante a um link normal. Se você deseja indexar o seu torrent em outro site de torrents, então você deverá usar o rastreador específico para o site em questão. Você deve verificar nas regras de utilização de cada site para saber se poderá ou não utilizar trackers externos. Se você estiver usando um tracker privado (provavelmente não estará), não se esqueça de marcar a caixa relacionada. Não marque esta caixa se não for privado em hipótese alguma.

5 – Adicione qualquer informação adicional necessária. Você pode adicionar um comentário para o torrent, se quiser. O tamanho do fragmento deve ser deixado na configuração automática, a menos que você saiba o que está fazendo. Depois de ter preenchido todos os campos necessários, crie o seu torrent. O programa poderá perguntar onde salvar e como se chamará o arquivo. Isto, no entanto, pode ter sido pedido anteriormente.

7 – Compartilhe seu torrent. Se você o estiver fazendo para poder enviá-lo para um amigo, basta enviar-lhe o arquivo .torrent. Se você quiser liberar o torrent para que o público possa fazer o download dos arquivos, será melhor listá-lo em um site feito para isso. Uma vez que você tenha escolhido o site, procure pelo link ou botão para enviar um novo torrent e preencha as informações necessárias. Você provavelmente vai ser obrigado a se registrar (se ainda não tiver uma conta no site). Uma vez que as pessoas começarem a baixar o torrent do site, ele terá mais e mais pessoas o compartilhando e você pode até mesmo parar de compartilhá-lo, mas tente fazer isto apenas depois que ele estiver estável. Quanto mais pessoas estiverem compartilhando, mais rápido será para os usuários o baixarem.

Dicas

–  Ao enviar seu torrent para um site, coloque um título sugestivo e uma descrição. Não se esqueça de colocá-lo na categoria correta. Desta forma, ele será encontrado mais facilmente. Confira os comentários para o seu torrent no caso de outros usuários terem dúvidas sobre o mesmo.

–  No final do endereço do tracker, você poderá ter de colocar uma vírgula.

Materiais Necessários

–  Um cliente BitTorrent. Se você precisar de um, tente o software µTorrent para Windows, Transmission Para Mac ou Deluge para Linux.
–  O arquivo que você deseja compartilhar com outros usuários
–  Tracker para usar

Video Aula para auxiliar;

Como criar um torrent e adicioná-lo ao The Pirate Bay – Parte 1

Como criar um torrent e adicioná-lo ao The Pirate Bay – Parte 1