Qual é a diferença entre as Resoluções SD, HD, Full HD e Ultra HD? E qual devo comprar?

Muitos desconhecem a diferença entre os tipos de resoluções de TV’s, celulares e monitores. Sabendo disso, as grandes fabricantes utilizam estas siglas o tempo todo em suas propagandas para aumentar as vendas, porém muitos que compram estas TV’s não utilizam todo o seu potencial.

Além disso, também é preciso deixar claro que a resolução da tela não tem relação com o tamanho/dimensão do dispositivo (os smartphones estão aí para nos provar), porém a percepção da imagem é alterada conforme o seu tamanho e distância da tela.

Resolução SD (Standard Definition)

Nomenclatura: 480p

Largura x altura: 640 x 480 pixels ou 720 x 480 pixels para aparelhos widescreen.

Esta é a definição antiga, que ainda é padrão para muitas transmissões de emissoras de TV. As TV’s de ‘tubo’ e monitores antigos utilizam, na maioria das vezes, esta resolução, assim como diversos smartphones.

Atualmente a tendência é que esta definição seja deixada de lado, pois praticamente todos os novos aparelhos de TV, Monitores e Smartphones já possuem uma definição superior.

Resolução HD (High Definition)

Nomenclaturas relacionadas: 720p

Largura x altura: 1280 x 720 pixels

Esta já é uma resolução amplamente utilizada em smartphones ao redor do mundo e em diversos televisores. Foi utilizada no início da HDTV e ainda é utilizada por algumas emissoras para gravação e transmissão de seus programas. Possui uma qualidade de imagem impressionantemente muito superior ao padrão anterior SD.

Ainda possui uma ampla utilização para vídeos promovidos na internet, porém a definição FullHD já está tomando seu lugar com o surgimento de smartphones e câmeras que gravam em 1920 x 1080 pixels.

Quando foi implantada nos smartphones e tablets trouxe uma diferença gigantesca na definição e qualidade da imagem. Já nos monitores foi mais utilizada em Notebooks, pois uma resolução maior em telas menores dificulta a leitura.

Resolução Full HD (Full High Definition)

Nomenclaturas relacionadas: 1080p

Largura x altura: 1920 x 1080 pixels

Esta é a resolução do momento, praticamente todos os televisores e monitores vendidos atualmente a utilizam e quase todas as emissoras de TV alteraram o seu padrão de gravação e transmissão para a Full HD.

Perceber a diferença entre Full HD e HD pode ser difícil em alguns momentos e explicarei mais adiante. Ainda assim a qualidade da imagem é impressionante, pois normalmente a densidade de pixels se torna maior quando utilizada. (entenda o que é densidade de pixel neste link)

Resolução 4K (Ultra HDTV)

Nomenclaturas relacionadas: Ultra HD, 2160p

Largura x altura: 3840 x 2160 pixels

Considerada a próxima resolução a ser implantada, os aparelhos com reprodução em 4K possuem incríveis “4 Full HD” em sua capacidade. Teoricamente, a qualidade seria 4x melhor que o Full HD.

Esta resolução será amplamente aplicada em projetores e telas com grandes dimensões, como salas de cinema por exemplo.

Quer experimentar a resolução 4K? Vá até uma sala de cinema iMax e veja quão impressionante ela é.

Além disso, ela também está sendo aplicada em TV’s com dimensões acima de 60 polegadas.

Resolução 8K (Ultra HDTV)

Nomenclaturas relacionadas: Ultra HDTV, 4320p

Largura x altura: 7680 x 4320 pixels

16x Full HD e 4x 4K, esta resolução está sendo muito debatida quando aplicada a TV’s pois pesquisadores confirmam que o olho humano não consegue distinguir a diferença entre uma imagem com resolução 4K e uma imagem com resolução 8K.

Alguns inclusive afirmam que não é possível diferenciar a resolução Full HD da resolução 4K.

Em contrapartida, a resolução 8K será muito, mas muito bem vinda em todas as salas de cinema e projetores. Uma tela iMax utiliza atualmente a resolução 4K em uma tela de 22m de largura x 16m de altura. Em teoria, a resolução 8K poderia manter a mesma definição de imagem em uma tela 4 vezes maior, possuindo quase o tamanho de um campo de futebol.

A tela poderia ter 88m de largura x 64m de altura e um campo oficial de futebol possui no mínimo 100m de largura x 64m de altura.

Mas qual resolução devo escolher para meu dispositivo?

Abaixo dividirei os dispositivos por tipo para facilitar a explicação:

Televisores e projetores residenciais

Antes de mais nada é imprescindível verificar qual é o sinal que você irá utilizar em seu aparelho. Caso você não possua um Chromecast (ou similares), tv por assinatura que possua canais em HDTV ou então o codificador para acessar a transmissão aberta em HD será preciso adquirir uma destas três opções, exceto se desejar conectar o seu notebook ou computador via cabo HDMI.

Se nenhuma das opções acima for utilizada você não irá aproveitar a resolução superior de seu aparelho e irá apenas ver a resolução SD.

Com este problema resolvido, a chave aqui está na dimensão em polegadas do aparelho e na distância que a tela estará de você.

Perceber a diferença de qualidade entre HD e Full HD em uma televisão de 42 polegadas quando se está a 3 ou 4 metros de distância é muito difícil, imagine então nas resoluções 4K e 8K.

Agora se a televisão será utilizada em distâncias menores, é possível reparar em pequenos traços da tela. Neste caso é recomendado um aparelho com resolução Full HD.

Em uma televisão de 32 polegadas que ficará no cômodo ou parede e não será utilizada como monitor a resolução HD irá te atender muito bem. Se desejar utilizar como monitor já recomendamos a Full HD, pois a distância entre os olhos e a tela será pequena.

Em televisores acima de 60 polegadas a resolução 4K pode ser bem vinda para quem não tem problema com o valor destes aparelhos. De qualquer forma é importante saber que a transmissão em 4K, assim como BluRay e etc ainda levarão um bom tempo para chegar aqui no Brasil. Para quem está no Japão esta já é uma realidade.

Em projetores existe o mesmo caso. Em uma tela de 70 polegadas com 5 ou 6 metros de distância é difícil perceber a diferença entre HD e Full HD, porém em uma distância menor é recomendada a resolução Full HD e se disponível, até a 4K.

Smartphones e Tablets

Diferente das TV’s, os smartphones e tablets possuem maior facilidade em gerar conteúdo com resoluções altas, portanto a escolha aqui é livre. Tente optar pelos dispositivos com o maior valor em densidade de pixels por polegada (Ppi – saiba o que é).

Um dispositivo com resolução HD e Ppi 300 pode ter uma definição melhor que um dispositivo Full HD e Ppi 270 por exemplo, apesar de os dois valores crescerem quase sempre juntos.

Uma resolução alta pode ser um diferencial para aqueles que gostam de jogar em seus celulares e tablets. Filmes podem não farão diferença em HD ou Full HD, mas a densidade de pixels por poletada (Ppi) fará.

Monitores

Dê preferência para monitores Full HD pois esta é a resolução do momento e dificilmente será deixada de lado em alguns anos. Monitores 4K entram naquela discussão sobre ser possível ver alguma diferença e realmente parece ser impossível percebê-la.

Conclusão

Lembre-se sempre de verificar a finalidade que o dispositivo será utilizado e como será utilizado, contando sempre a distância que a tela estará de você. De nada adiantará ter uma televisão com resolução 4K para assistir a 5 metros de distância, pois a percepção seria exatamente igual a uma televisão Full HD.

Espero ter sanado suas dúvidas.

Por: Ricardo Galvani – Diretor de Produção – RGB Comunicação.